NEEM E DIABETES


Uso como alimento e não medicamento

O Neem não deve ser considerado um medicamento, e sim um produto  de funções nutricionais tendo a considerar que grandes núcleos de estudos pelo mundo vêm pesquisando e aprovando seu uso como um produto seguro que promove a saúde e bem-estar de quem dele se utiliza. Análises recentes caracterizam o Neem como um alimento funcional, que são alimentos ou parte de um alimento que proporcionam benefícios à saúde comprovados cientificamente, prevenindo e controlando doenças, além de satisfazer os requerimentos nutricionais tradicionais, considerado neste caso pelas propriedades nutracêuticas do neem.

O Neem oferece mais de 120 princípios ativos, dos quais mais de 90 componentes bio-ativos atuam no metabolismo do organismo, considerados como nutrientes funcionais com ações terapêuticas.Testes feitos pela agência de proteção ao meio ambiente dos Estados Unidos sobre produtos a base de Neem não mostraram toxidades para ratos, patos, coelhos ou abelhas.

Dentre seus componente do Neem, alguns tem ação purificadora e desintoxicante sangüíneo tendo validação pela medicina indiana. Dotado de propriedades bactericida, antifúngica, antiviral e anti-séptica fazem dela particularmente eficiente no tratamento de problemas de saúde.

As substâncias presentes no Neem se destacam, residindo na riqueza de seus nutrientes por terem vantagens como: melhoria do funcionamento do organismo e o fortalecimento do sistema imunológico, pois os mesmo contêm níveis significativos de componentes biologicamente ativos que atuam sobre o nosso organismo, ativando os diversos sistemas metabólicos, levando as pessoas a terem  saúde e bem estar. Além da riqueza de nutrientes, esta planta contribui para a redução dos riscos de doenças uma vez que fortalece os sistemas de defesa do organismo.



Escrito por Airton Oliveira às 12h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


COMBATE A OBESIDADE

 PLANTA INDIANA QUE COMBATE A OBESIDADE
A folha do Neem, uma planta indiana e já aclimatada no Brasil, é um ótimo purificador do sangue utilizado em doenças de pele, parasitoses, reumatismo. Também é usada com sucesso no tratamento da obesidade. ”

Aderson Moreira da Rocha, clínico geral e presidente da Associação Brasileira de Ayurveda (Abra).



Escrito por Airton Oliveira às 11h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


O Gosto Amargo Saudável

Neem é considerado uma arvore com poder fitomedicinal, capaz de promover um sombreamento com sensação térmica de temperaturas  com 3 ºC mais baixo, o  que tem sido uma grande afirmação da espécie humana desde os tempos remotos. Neem é extremamente útil para o ser humano e este é o motivo que está a ser adorado na Índia e é considerado como o lugar onde "Deus reside". Diz-se que nenhum mau espirito se atreve a encostar perto de uma árvore de Neem e esta é a razão pelo qual o Neem se faz  presente na maioria das casas dos indianos.

Em linhas gerais, apresentamos onde e como são empregados seu uso no corpo humano, graças a presença de pelo menos 90 componentes bioativos presente no Neem.

Não temos a menor pretensão em promover sua  recomendação de uso, apresentando apenas sua funcionalidade e aplicação:
Antisséptico e anti-microbiano - é o melhor agente para reprimir qualquer tipo de infecção que ocorre no nosso corpo. A poderosa ação de neem impede qualquer crescimento microbiano, bem como evita que os parasitas venham a se proliferar. Esta propriedade do neem era conhecida na medicina Índiana ayurvedica a milhares de anos atrás.

Diabetes - as folhas de neem devido ao sabor amargo e seus princípios ativos, tem a propriedade de agir como um agente anti-diabético.
Doenças Cardíacas - neem é muito útil no tratamento de problemas relacionados com o coração e também melhorar a circulação de sangue no corpo. Os extratos de folhas de neem é altamente recomendada para reduzir a coagulação sanguínea, pressão arterial, hiperlipidemia e doenças cardíacas.
Dentes,Gengivas e Cavidade Bucal - Desde tempos remotos à 4.000 anos, o neem tem sido amplamente utilizado na India como um agente que é muito útil no tratamento de problemas relacionados com dentes, gengivas e cavidade bucal. É um poderoso agente que é realmente eficaz no tratamento de problemas como: candida, dentes amarelados, sangramento gengival, e mau hálito.
Infecções - Neem é considerado um excelente suplemento como ervas que tem o poder para suprimir a maioria das infecções que possam influenciar em nosso corpo devido a algumas doenças. Neem, contém princípios ativos com propriedades anti-microbianos que tornam a reprimir ataque por fungos, virus e bactérias. É também muito útil em impedir condições favoráveis  de invasão de protozoário e vermes.
Neem é conhecida pelas suas propriedades medicinais e imensurável, sendo utilizado como um grande  fortalecedor do sistema imunológico e potente inibidor dos radicais livres.

Suas folhas podem ser consumidas “in natura” sendo recomendado à tolerância de até dez folhas fresca por dia, dividida em três tomadas. Pode-se ingerir comendo em pão,  sanduíche, juntamente com geléia, ou algum outro alimento como: queijo, presunto, tomate, requeijão a seu critério de gosto, de forma que atenue seu sabor amargo. Da mesma forma, você pode comer as três folhas junto com a refeição normal.

 



Escrito por Airton Oliveira às 21h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Ainda há luz no fim do tunel

Ainda há luz no fim do tunel. O Neem pode dar uma resposta positiva no tratamento do diabetes. Neste sentido, apresento um resumo do trabalho cientifico envolvendo o Neem. Qualquer contato pode ser feito através do email: airtonnogueira@uol.com.br

Resumo do trabalho -Ensaios Enzimáticos da Planta Neem 
por Francisco Skinner e Arnulfo Mar. Universidade do Texas em Brownsville, Brownsville, TX

"Durante séculos plantas têm sido utilizadas para curar diversas doenças que afligem a espécie humana. Habitantes do Rio Grande, no Vale do Texas, ainda escolhem a medicina tradicional popular para aliviar as complicações associadas com uma variedade de doenças. Com o aumento da diabetes, que afeta quase 21 milhões de americanos, é importante referir-se a que tipo de propriedades medicinais essas plantas possuem, e como suas características bioquímicas podem ajudar na concepção de drogas que poderiam potencialmente eliminar totalmente diabetes. Neste estudo em andamento, temos testado extratos da planta Neem com várias técnicas bioquímicas que incluíram: determinação do teor de açúcar , análise de aminoácidos,  análise de proteína, e cromatografia líquida de alta eficiência. Em estudos mais recentes, tanto qualitativo e quantitativo, foram aplicados métodos para medir a atividade da enzima da planta  Neem, utilizando uma variedade de métodos espectroscópicos. As enzimas que temos são analisados para gliceraldeído-3-P-dehyrogenase e glicose-6-desidrogenase."



Escrito por Airton Oliveira às 11h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Há (1) um ano tomando o Neem

Não existe preço que pague  ter uma vida saudável. Faz um ano que passei a ter uma vida saudável, graças a Folha do NEEM. Este feito  tem me proporcionado levar uma vida saudável, onde posso comer de tudo, sem ter de me preocupar com o que estou comendo.

Quero lembrar que fui vítima de AVC em 28 de agosto de 2007, onde por efeito de glicemia elevada, descontrolada e hipertensão severa, mesmo tomando os anti-glicemicos orais. Graças a este episódio, onde chegou a paralisar meus membros, superior e inferior direito, que para me reabilitar, tive que reaprender todas a funções  motora e recomeçar uma nova vida partindo do Zero. Levei em média 6 meses para me recuperar 100%, estou perfeito, a peso de muito esforço, crença em DEUS, perseverança e muita vontade de viver.

Foi nesta fase que descobrir o efeito do neem quando testava para hipertensão e acidentalmente observei que meus índices glicemicos baixavam e estabilizavam. Sem nenhum efeito colateral, posso assegurar que  o neem não permite que a diferença entre a glicemia pré-parndial (em jejum) e pós prandial ( duas horas após a refeição) seja superior a 30 pontos. No meu caso essa diferença não  passa de 20.

A dose tolerada pelo organismo humano de folha de neem, em adultos,  é de 5 gramas. Estou tomando apenas 20% ao dia, e já reduzir meus anti glicemicos - o glimipibal em 50%, hoje tomo de 1 grama e do metformin em 40%, hoje tomando duas vezes de 500 mg. Resultado fantastico, um achado tradicional, uma vez que na India, o govermo indiano obrigou os laboratórios a fazerem pastilhas de neem para tratar diabetes.

No Brasil, me orgulho de poder ser sido a primeira pessoa a testar em organismo humano ( no meu caso), de forma sistemática e com total sucesso. Que a indústria famaceutica se proponha a aperfeiçoar o princípio ativo do neem, e promova o bem-estar de milhões de diabeticos no mundo todo.

 

 

 



Escrito por Airton Oliveira às 09h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Nota de esclarecimento

Informo que não comercializo as cápsulas de neem.  Existem pessoas em Brasília que comercializam. Aqui em Porto Velho, tem uma senhora que encapsula, porem ela não sabe informar nada sobre o produto, só sabe que é para diabetes. Como eu mandava encapsular as capsulas para meu consumo e testes, um dia, apareceu um senhor que planta NEEM e não sabia deste feito e tinha parentes diabeticos, conversando sobre o assunto, ele ofereceu as folhas de neem como fornecedor. A partir daí, ela inicou a comercialização e quando eu preciso, eu levo o meu produto manipulado por mim para ela encapsular por falta de tempo, pois tenho uma encapsuladora manual e é uma terapia para mim preparar as cápsulas, a medida que preciso.

Faço este esclarecimento para mostrar que minha intenção, é apenas demonstrar que a inicativa do desenvolvimento da pesquisa do neem na diabetes, não tem vinculo comercial, pois é muito fácil de se obter as folhas de neem, e se mandar manipular em qualquer farmácia de manipulação, em capsulas tipo A0 (A Zero) ou de 500 miligramas.



Escrito por Airton Oliveira às 00h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Como mandar manipular as cápsulas do NEEM

Coloque para desidratar qualquer quantidade de galhos com as folhas do neem. Este processo de secagem se dá até as folhas ficarem praticamente se esfarelando, que pode levar dias ou semanas. Quanto estiverem totalmente secas se procede a separação manual das folhas dos galhos.. Uma determinada quantidade de folhas deve ser colocadas no liquidificador, pode-se encher o liquidificador e bater por alguns minutos por varias vezes até se tornar pó. Ao final, pega-se o pó e penera-se em um crivo ou peneira com manha bem reduzida. Este produto penerado pode ser levado em qualquer farmácia de manipulação e solicitar que se encapsule em capsulas de gelatina número "A zero" ou de 500 miligramas. Simples, pratico e barato. Tomar uma capsulas sempre após o almoço e jantar acompanhado do anti-glicemico oral.
Se quiserem usar o processo de secagem no forno, coloca-se em uma bandeja as folhas do neem a temperatura de 45 graus por um periodo que pode variar, e que deve ser acompanhado visualmente revolvendo as folhas. Dependendo da quantidade, ele pode durar de 10 a 48 horas. Evite que as folhas fiquem torradas.

Escrito por Airton Oliveira às 06h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Como Fazer o Chá da folha do NEEM

Pegue 10 folhas de neem (verde) e ponha para ferver em 750 ml de agua, por 7 minutos. Não despreze estas folhas, elas servirão por mais duas vezes para repetir o chá. Conserve depois de esfriar, o chá na geladeira. Tome ao longo do dia. Dê preferência, toma-lo após as refeições em 3 tomadas ao dia este volume de chá.

Escrito por Airton Oliveira às 06h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Cuidando da Próstata

(essa você não encontra na internet)

Uma receita infalível para todos os homens: Cuide de sua próstata tomando chá da baga do TARAMINDO ( casca+fruto+ semente). Pegue 150 gramas de tamarindo e bata no liquidificador com casca, semente e fruto em 1 litro e meio de água. Depois leve para ferver por 15 minutos. Deixe esfriar e leve a geladeira. Tome 50 ml tres vezes ao dia. Faça o tratamento por 40 dias. Sua próstata vai ficar zerada.

Escrito por Airton Oliveira às 14h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Sem efeitos colaterais

A mais de 180 dias tomando o neem, posso assegurar que minha hemoglobina glicosilada está 3,1. A Frutosomina, que é uma proteína glicosilada como indicativo do controle de glicemia está 233 ( limites 205 a 285 micromol/L), o que configurar um quadro de controle absoluto da glicemia, sem dieta alguma e levando uma vida normal.Ainda sobre o neem: O Colesterol Total está 110, LDL 57, HDL 31, Triglicerídeos 124.


Escrito por Airton Oliveira às 14h34
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Relato de Caso

Eu fazia uso de glimepibal 2 mg uma vez ao dia e metformin 850 mg duas vezes ao dia e adotava uma dieta radical: sem açúcar ou adoçante e controle glicêmico alimentar severo. O valor mínimo que consegui foi glicemia em jejum 114 e pós-prandial 140.

Há mais de dois meses, passei a testar o Neem no meu organismo. Faço isso ingerindo cápsulas da folha de neem, arvore que tenho em meu quintal e que eu mesmo manipulei. Preparo o pó e mando encapsular com 500 mg.


Passei a tomar uma cápsula após almoço mais metformim 850 mg, e uma cápsula após-jantar mais metformim 850 mg. Associado a isso, tomo o glimepibal de 2 mg uma vez ao dia. Com o uso contínuo, minha glicemia estabilizou abaixo de 100 e a diferença das glicemias em jejum e pós-prandial não passam de 15. E o mais importante, sem qualquer restrição alimentar.


Fiz uma bateria de testes com consumo exagerado de doces e carboidrato na alimentação, comendo várias vezes ao dia e medindo a glicemia em jejum e pós-prandial com o glicosimetro portátil. Os valores obtidos, variavam entre 94 a 114 (em jejum) e  96 a 115 (pós-prandial), mesmo exagerando ao máximo com relação ao consumo de doces e carboidratos.


A conclusão que cheguei e a mesma para as primeiras 18 horas, passadas do início da terapia que comecei pela noite, tomando a cápsula de neem mais o antiglicemico pós-jantar e tirada a glicemia em jejum, já ocorre uma significativa redução da glicemia.

 

Na manhã, depois de tirada a glicemia em jejum, se toma o glimepibal de 2mg. Tirada a medida da glicemia pós-prandial depois de tomado o neem e antiglicemico pós-almoço a variação da glicemia atinge somente de 6 a 15 pontos no meu caso.


Quando eu não fazia uso do Neem em cápsulas e com baixa restrição a açúcar e carboidratos meus índices ficavam em jejum em torno de 215 e pós prandial em torno de 270. Repito: com uma restrição severa a açúcares e dieta rigorosa o máximo que consegui foi 114 em jejum e 140 pós prandial.


Como descobrir este feito com o neem?


Sou hipertenso desde 1997 e diabético tipo II desde 2003. Resolvi , acidentalmente testar folhas de Neem sob forma de chá para pressão alta e fazia diariamente a medida dos meus índices de glicemia . Observei que quando tomava o chá, minha glicemia baixava. Como baixava, introduzia doces e mais carboidrato na minha alimentação ao longo do dia, e não alterava a medida da glicemia, tanto da medida em jejum como a pós prandial.

Então, resolvi secar as folhas do Neem e pulverizar em um liquidificador industrial uma determinada quantidade e levei em um herbário para encapsular com 500 mg e passei a fazer uso, uma vez que o chá é muitíssimo amargo.


Hoje, já fazem dois meses que faço uso de antiglicemico orais e cápsulas de neem e tenho uma margem de segurança que o valor da diferença da glicemia em jejum e pós prandial é inferior a 15, degustando o que quiser e em quantidade elevada (podendo chegar ao exagero).


Neste sentido, quando vi que baixava a glicemia na época do chá há uns 35 dias atrás, resolvi aprofundar e a pesquisar a bibliografia sobre uso farmacológico do neem e sua relação com diabetes na rede mundial de computadores e reuni algum material com trabalhos científicos comprovados os quais disponho e disponibilizei algumas dessas informações sobre o neem neste blog.


Usando a expressão popular: Atirei onde não vi e acertei onde não queria, ao testar o uso do neem comprovei a eficácia da folha do Azadirachta indica A. Juss (Meliacaeae), chamada de Neem, sob forma de cápsula ou chá, no controle de minha glicemia.
Em momento algum deixei tomar os antiglicemicos, e ao introduzir o neem no controle glicemico, apenas o mantive como um coadjuvante no tratamento. E só tenho que agradecer.



Escrito por Airton Oliveira às 07h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Efeito do Neem na Glicemia

Diabetes é uma doença metabólica, que se desenvolve quando o pâncreas já não pode produzir insulina suficiente. Níveis de açúcar no sangue podem rapidamente elevar-se no organismo, o qual não é capaz de usar a energia contida no açúcar, levando o indivíduo a sentir fraqueza e eventualmente inconsciência.
A diabetes é a principal causa de cegueira em pessoas idades de 25 a 74, gerando complicações nos nervos, rins, o coração e os vasos sanguíneos e pode resultar na amputação de membros.
As Folhas de neem (leia-se nim) é uma tradicional erva usada na Ìndia para o tratamento da diabetes (Alam, et al, 1989) e foi cientificamente comprovado ser eficaz no tratamento e prevenção da diabetes; (Murty, 1978); (Chakrabartty, 1984a); (Chakrabartty, 1984b); (El - Harwary, 1990). Doses orais de extrato de folhas de neem reduziram significativamente a necessidade de insulina requisitadas nos diabeticos não-insulino dependente. (Pillai, 1981b); (Luscombe, 1974); (Murty, 1978). O óleo de Neem também se revelou eficaz e tem sido capaz de inibir o aumento nos níveis de açúcar no sangue em 45% em teste com animais. (Sharma, 1983).
Até agora a insulina ainda é uma resposta para diabetes, sendo para algumas pessoas, a única alternativa. Mas se seu corpo pudesse obter cada vez menos insulina, seria maravilhoso. E existem efetivamente as pessoas que carecem de baixa dosagem de insulina ou quase nenhuma com a administração do Neem. Um notável número de diabéticos insulino-dependentes foram capazes de reduzir a sua insulina de trinta a cinquenta por cento, quando tratadas com cápsulas de folhas de neem! Isso é significativo, porque quanto menos você tem que tomar insulina, melhor para você. E existem pacientes diabéticos tomando agentes orais e que tomam as cápsula de neem e verificam que seus índices glicemicos estão normalizando e que eles realmente podem chegar um dia a diminuir a dosagem de seus medicamentos orais. Usando as cápsulas de neem, eles foram capazes de obter em jejum, índices glicemicos, vinte e seis por cento mais baixos de açúcar no sangue, o que é bastante significativo. A impressão geral é a de que talvez, ele reforça a sensibilidade do receptor de insulina uma vez que parece funcionar bem em diabéticos Tipo II.
Diferentes estudos mostram reduções entre 20% e 50% na exigência de insulina, para aqueles que tomam cinco gramas de folhas secas de cápsulas de neem. Há ainda relatos da sabedoria popular, de que diabéticos ao mastigar uma única folha neem por dia , foram capazes de eliminar completamente injeções de insulina.
Baseado nos muitos estudos dos efeitos do neem sobre a exigência de insulina, o governo indiano aprovou a venda por empresas farmacêuticas de comprimidos de neem para diabéticos. (Alguns destes medicamentos, nada mais são extratos das folhas de neem).




Escrito por Airton Oliveira às 06h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Meu pé de Neem



Escrito por Airton Oliveira às 12h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Onde o Neem atua

Atribui-se, aos extratos de folhas de Azadirachta indica A. Juss (Meliacaeae), chamada de Neem, utilizados na Índia, a capacidade de bloquear o funcionamento da alfa-amilase, uma enzima envolvida no funcionamento do pâncreas durante a digestão e que transforma o amido em glucose.



Escrito por Airton Oliveira às 03h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Futuro Promissor

“...Em relação aos usos medicinais da planta, pode-se destacar suas atividades antimicrobianas, antivirais e antifúngicas, associadas à atividade contraceptiva pós-coital de natureza nãohormonal, portanto, com efeitos colaterais menores que os provocados pelos contraceptivos esteróides, além de promover e manter a saúde dos órgãos sexuais femininos. Já a ação sobre o sistema reprodutor masculino deve ser vista com cautela e necessita de maiores estudos.

Quanto às atividades antivirais, o uso de novos agentes antivirais de origem natural, não-tóxicos, de fácil uso e mais baratos, podem ser um grande auxílio às populações de regiões tropicais e subtropicais, mais pobres e mais acometidas pelas doenças.

 

Dados sugerindo o uso da planta no controle dos níveis sanguíneos de glicose são promissores em direção à prevenção e controle do diabetes, assim como relatos sobre os efeitos quimiopreventivos e antitumorais são valiosos para o desenvolvimento de novas e modernas drogas.

 

Em relação aos resultados de estudos toxicológicos, os efeitos dos extratos parecem depender da quantidade consumida, enquanto baixas doses não são tóxicas, altas doses exibem disfunção tireoidiana e efeitos hepatotóxicos.”

 

Excerto da Tese de Doutorado de  MOSSINI,Simone Aparecida: A árvore Nim (Azadirachta indica A. Juss): Multiplos_Usos .  Universidade Estadual de Maringá, Dep. de Bioquímica, Avenida Colombo, 5790, BR-87020-900. Maringá, PR Brasil



Escrito por Airton Oliveira às 01h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Homem, Portuguese, English, Saúde e beleza, Gastronomia
MSN -



Meu humor



Histórico


    Votação
    Dê uma nota para
    meu blog



    Outros sites
     Meu Perfil no Orkut
     Instituto Horus
     Portal Diabetes
     Sociedade Brasileira de Diabetes
     Correa Neto
     Planta Neem
     Projeto Neem Brasil
     FloraNeem
     Blog: Diabetes_é_issoAí
     UOL - O melhor conteúdo